Espaço comum : a cidade como obra colectiva

Stavros Stavrides ; trad. Jorge Colaço ; pref. e rev. cient. Joana Braga. - 1ª ed. - Lisboa : Orfeu Negro, 2021


Stavrides desenvolve neste livro uma problematização dúplice do espaço das cidades, entendendo-o como meio tornado comum pelas práticas colectivas e, em simultâneo, como elemento formativo dessas práticas que instituem o comum. Joana Braga (do Prefácio)

Seguindo o princípio de Lefebvre do direito à cidade, Stavros Stavrides aproxima-se do pensamento social e político de Foucault, Rancière, Hardt e Negri para desafiar a nossa percepção quotidiana do lugar que habitamos. Ao distinguir o espaço comum do espaço público e privado, transcende as fronteiras das taxonomias espaciais, encontrando no limiar uma zona de travessia e partilha, de onde emergem outras espacialidades e novas formas de vida comunitária.