Contributo sobre os antecedentes da sociologia em Portugal

Autor(es):

org. João Freire ; texto Eduardo de Freitas, Jorge Correia Jesuíno, Vítor Matias Ferreira. - 1ª ed. - Lisboa

ICS-Imprensa de Ciências Sociais, 2021


Neste livro, a Sociologia, ou, mais precisamente, as formulações iniciantes a que à mesma vão dar corpo substantivo, é um dos objectos centrais dos questionamentos aqui tentados, mostrando a sua evolução e também a questão incerta e problemática dos limites fronteiriços com outras disciplinas existentes no campo das ciências sociais e humanas.

Focando-se no período precedente a 1974, os quatro ensaios que compõem o livro recorrem a distintas orientações metodológicas. Dois deles são mais interpretativos e abordam «a centralidade do factor social no ensaísmo crítico de António Sérgio» e «o despontar da sociologia na institucionalização do Serviço Social». Os outros dois assentam em pesquisas empíricas e documentais: «a ampla bibliografia produzida de pendor social», e «a recepção da sociologia no ensino superior militar». Trata-se de uma obra que, pelas suas características, dá mais um contributo para a compreensão do modo como a Sociologia, ou a reflexão grafada que para ela remete, faz o seu caminho no arco temporal indicado.