Belém e a exposição do mundo português : cidade, urbanidade e património urbano

30/6/2020

 

Pedro Rito Nobre

1ª ed. - Lisboa : Livros Horizonte, 2020

 

 

 

 

 

 

 

Em 1940 decorreram em Portugal as Comemorações dos Centenários – da Independência de Portugal e da sua Restauração –, de cujo programa sobressai a Exposição do Mundo Português, um dos eventos culturais mais destacados do Estado Novo. Belém foi o local estabelecido para a implantação do certame e em vez de o assumir como um dado adquirido, questionámo-nos sobre o que existia em Belém previamente, e mais concretamente sobre como se agiu sobre essas pré-existências no momento da sua edificação. Quais as modificações operadas naquele lugar? E de acordo com que critérios se interveio? E qual o impacto da Exposição no futuro urbano de Belém? Entendendo que estas e outras questões correlativas não estavam suficientemente desenvolvidas, enveredámos pelo caminho que relaciona a edificação da Exposição do Mundo Português com os universos da cidade, da urbanidade e do património urbano.

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Linkedin
Please reload